quinta-feira, 19 de novembro de 2009

A morte é uma provocação.

Quando se está fora tanto tempo, mais tempo do que nunca se quis, torna-se algo complicado encontrar aquilo que se possa entender como o momento adequado para reaparecer, seja lá o sentido que isso possa aqui ter.

Certo é que desde ontem, depois de ter ido prestar uma última homenagem a um colega falecido devido à chamada "doença prolongada", tenho andado a pensar nesta frase proferida pelo Padre que conduziu a cerimónia religiosa, pois ela encerra em si mesma a obrigação nem sempre fácil para um ser humano de tentar sopesar de forma honesta aquilo que tem sido e o que quer que seja o seu percurso de vida ... o EU que interage com os OUTROS... que VIVE ...

A MORTE É UMA PROVOCAÇÃO !



3 comentários:

  1. Acho que não....
    Acho que é uma dor, para quem fica ..a saudade aperta...
    Porque seria uma provocaçao????

    ResponderEliminar
  2. Susaninha, perguntas o porquê de considerar a morte como uma provocação, mas a verdade é que tu própria acabas por dar essa resposta, ou parte de uma possível explicação.

    De facto, se a morte causa dor, não está ela a "provocar-nos" nos nossos sentimentos??... e onde nos leva isso???

    Aparece sempre :)

    ResponderEliminar
  3. SIMMMMMM.....Uma grande provocação....

    ResponderEliminar